Idam é homenageado no ‘Dia A da Erradicação Plena da Febre Aftosa’

Na última sexta-feira (06/04), se comemorou o ‘Dia A – da Erradicação Plena da Febre Aftosa no Brasil’, uma programação nacional que integra as ações da ‘semana Brasil Livre da Aftosa’, do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa). Para celebrar a data, o Governo do Estado do Amazonas, por meio da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado (Adaf), órgão integrado ao Sistema Sepror, promoveu evento que reuniu pecuaristas do estado, na Estância Amazônia Ovinos, no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus.
Na ocasião, o presidente do Idam, Luiz Herval recebeu homenagem em nome de toda a instituição ao receber o Mérito Agropecuário da Adaf, no evento de comemoração do Brasil livre de aftosa com vacinação. Segundo Luiz Herval o Prêmio de Mérito Agropecuário Adaf, é de todos os que trabalham no Idam voltados a uma assistência técnica de qualidade junto às famílias da agricultura familiar e demais assistidos em todo o Estado do Amazonas.

Representantes do Sistema Sepror e instituições participantes do evento.

Especificamente, sobre o trabalho no combate a erradicação da aftosa no Amazonas, Luiz Herval disse que: “é uma conquista histórica que envolveu todo o Sistema Sepror comandado hoje pelo secretário José Aparecido dos Santos, com orientação direta do Governador Amazonino Mendes, também com vistas de conseguir a certificação internacional de área livre de aftosa com vacinação, o que deve acontecer no dia 25 em Paris na França”.
Segundo o secretário José Aparecido dos Santos, o Idam tem um papel decisivo no acompanhamento de todas as atividades de assistência aos pecuaristas para que mantenha um padrão de excelência a campo em todos os municípios do interior. “O Idam acompanha o desenvolvimento do agronegócio no dia a dia da produção rural”, salientou José Aparecido.

Presidente do Idam, Luiz Herval e presidente da Adaf, Sérgio Muniz.

O presidente da Adaf, Sérgio Muniz, enfatizou que o Idam é um parceiro decisivo em tudo que está relacionado ao campo e notadamente na pecuária. “Idam e Adaf trabalham juntos na melhoria do rebanho bovino e bubalino do Amazonas”, comentou.

O presidente da Faea, Muni Lourenço, frisou que: “o Amazonas conseguiu o status de livre de aftosa com vacinação depois de 63 anos e que se aproxima uma conquista maior quando tiver também o status internacional. Estaremos na França dia 25 de maio em Paris para ver este dia histórico”.

 

Por:  Asscom/Idam