Idam realiza visita e credenciamento de entidades da rede sócio assistencial no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) em Tefé – IDAM

Idam realiza visita e credenciamento de entidades da rede sócio assistencial no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) em Tefé

Em Tefé, município distante 575 quilômetros de Manaus, a unidade local do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), realizou na última quarta-feira, (11/04), visita às sedes do Centro de Referência da Assistência Social (Cras) e da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) no município.

Gerente local do Idam em Tefé, Sidney Araújo durante visita.

Assuntos relacionados à chamada pública 001/2018 do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) estiveram em pauta durante a visita. A ação contou ainda com o credenciamento das entidades no programa, capacitando-as para o processo de obtenção dos benefícios.

O gerente local do Idam no município, Sidney Araújo, destaca a fundamental importância da modalidade do programa voltada às entidades, muitas dessas entidades passam por dificuldades financeiras e não tem recurso suficiente para ajudar aquelas pessoas e famílias carentes.  “Com essa iniciativa do governo, que é comprar a produção e fazer a doação simultânea, com certeza as entidades vão poder ajudar essas famílias com alimentação adequada ao seu desenvolvimento. Ou seja, o PAA só vem somar para diminuir a vulnerabilidade social que existe em nosso País”.

O credenciamento das entidades visitadas é discutido e efetuado.

O PAA

O programa é fomentado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), através da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), e operacionalizado no Estado pela Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror). A operacionalização do programa envolve a ação integrada de todo o Sistema Sepror, sendo o Idam o grande apoiador na seleção e prospecção dos produtores e produtos a serem fornecidos e a Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf), que garante a qualidade do produto a ser distribuído. O excedente desta produção pode ser encaminhado aos outros programas, que são de responsabilidade da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), como o Programa de Regionalização da Merenda Escolar (Preme), o Balcão de Agronegócios e as Feiras de Produtos Regionais. As prefeituras têm um papel importante e indispensável, através de suas secretarias de Produção, bem como de Assistência Social.