Pesquisadores da Embrapa lançam aplicativo que vai ajudar produtores rurais do Amazonas – IDAM

Pesquisadores da Embrapa lançam aplicativo que vai ajudar produtores rurais do Amazonas

Na manhã desta terça (17/04) foi realizado o lançamento do aplicativo NutriSolo, no auditório do Idam, no Sistema Sepror, Japiim, Zona Sul em Manaus. Para os envolvidos no projeto, este é um marco da união entre pesquisa e tecnologia a serviço do desenvolvimento do setor primário.
O aplicativo faz uma projeção das necessidades de adubação e calagem do solo para o cultivo de abacaxi, citrus, banana e mandioca, e está disponível para Android. Ele foi desenvolvido pelo analista de Tecnologia da informação, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Marcos Salame e é resultado de parceria entre Embrapa com apoio financeiro da Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapeam), e com o aval de técnicos do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal do Amazonas (Idam), que faz parte do Sistema Sepror.

Aplicativo NutriSolo

Estiveram presentes no lançamento, o secretário Executivo da Sepror, Alexandre Araújo, o secretário de Políticas Agropecuárias e Florestais (Seapaf/Sepror), Fernando Vieira, o presidente da Fapeam, Edson Barcelos, o chefe geral interino da Embrapa Amazônia Ocidental, Celso Paulo de Azevedo, o Presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Amazonas (Faea), Muni Lourenço, o diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural do Idam, Airton Schneider, além do secretário de Pesca e Aquicultura (Sepa/Sepror), Geraldo Bernardino e do diretor-presidente da Agência de Defesa Agropecuária do Amazonas (Adaf), Sérgio Muniz, entre outras autoridades e servidores das instituições.

Representantes das instituições participantes no lançamento do aplicativo NutriSolo

Para o chefe geral interino da Embrapa Amazônia Ocidental, Celso Paulo de Azevedo, o papel do Sistema Sepror vai ser fundamental. “O Idam nos ajudou a corrigir falhas e depois na validação do produto. E tenho certeza de que serão os principais multiplicadores deste aplicativo” finalizou ele.
Airton Schneider destacou, “estamos felizes, quero dizer que foi uma satisfação ceder o espaço físico para o lançamento do aplicativo NutriSolo. A Embrapa é uma grande parceira, parabéns ao Marcos Salame e todos os envolvidos. Para nós, este produto, que passado por dedicação e pesquisas, vem beneficiar os agricultores, e é para eles que trabalhamos”.
O Secretário Executivo da Sepror, Alexandre Araújo, destacou a importância da novidade tecnológica, bem como da parceria institucional. “Parece algo simples, mas é um diferencial para os técnicos extensionistas e produtores rurais. É transformar a pesquisa em desenvolvimento para o campo”, afirmou o secretário.
Marcos Garcia Chefe de Transferência de Tecnologia da Embrapa, explicou que: “o uso do aplicativo será um estimulo a mais aos produtores rurais antes de fazer adubação. O aplicativo pode ser utilizado sem necessidade do uso de internet, será também uma ferramenta voltada aos técnicos, mas obviamente, muitos produtores poderão fazer uso do aplicativo, mas é importante que o produtor tenha orientação técnica”.

Participantes no lançamento   no auditório do Sistema Sepror

Segundo o produtor Cláudio Decares presidente da Amazoncitrus, que também esteve presente no lançamento do aplicativo Nutrisolo,  ele comentou que, “este aplicativo será maravilhoso, já sabemos que sem adubação não há produção, conseguindo trabalhar bem o solo, com o uso do aplicativo, vamos ter muito mais informação de como trabalhar o solo, e consequentemente teremos um Amazonas mais produtivo”.

Para o pesquisador e presidente da Fapeam, Edson Barcelos, a missão da Fundação é transferir conhecimento científico para o campo. “Queremos conduzir editais de longo prazo, de 10 anos. Estamos dando andamento de projetos com a Sepror tanto na piscicultura quanto na agricultura com este objetivo, desenvolvimento”, destacou Barcelos.

Texto: Idam/Seapaf/Sepror

Fotos: Idam/Sepror