Técnicos do IDAM participam da elaboração de propostas para Cadeias Produtivas do Estado do Amazonas em 2018 no XVII Encontro de Agentes Técnicos do FMPES/AFEAM – IDAM

Técnicos do IDAM participam da elaboração de propostas para Cadeias Produtivas do Estado do Amazonas em 2018 no XVII Encontro de Agentes Técnicos do FMPES/AFEAM

FOTO: ROBERTO ARAÚJO

Na última sexta-feira, 10 de novembro, aconteceu o encerramento do XVII Encontro Técnico dos Agentes FMPES, onde 28 técnicos divididos em três grupos de trabalho, apresentaram propostas para principais cadeias produtivas do Estado do Amazonas.

O encontro teve como objetivo priorizar a aplicação do crédito rural no fortalecimento das principais cadeias produtivas do Amazonas, identificar por sub-região com melhor disponibilidade de infraestrutura, tecnologia, assistência técnica e articulação comercial, além de encontrar viabilidade econômica para aplicação de crédito estimular o crédito e distribuir percentual do orçamento destinado ao setor primário.

FOTO: ROBERTO ARAÚJO

Grupo 1- Cadeias Produtivas – Formado por 11 técnicos e gestores da Agência de Fomento do Estado do Amazonas S.A. (AFEAM), Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (IDAM), Secretaria de Estado da Produção Rural (SEPROR), Federação de Agricultura e Pecuária do Amazonas (FAEA), Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE).Fizeram a identificação das cadeias prioritárias e distribuição de orçamento.

FOTO: ROBERTO ARAÚJO

Grupo 2 – Crédito Rural – Composto por 11 técnicos e gestores da AFEAM, IDAM, SEPROR,FAEA, ADS e Sebrae. Propuseram melhorias no crédito rural em programas acessíveis e adequadas a realidade do setor primário como: limite de financiamento, garantias e cheklist. Além de projetos de financiamentos que considerem custos locais e insumos que gerem produtividade na agropecuária e viabilidade, orientação a comercialização de produtos agropecuários e gestão de negócios.

FOTO:ROBERTO ARAÚJO

Grupo 3 – Microcrédito e Crédito de Varejo- Seis técnicos da AFEAM e Sebrae ficaram responsáveis para o Ajustar no programa de microcrédito Banco do Povo as taxas de juros que compensem a FMPES pela inadimplência um tratamento diferenciado ao microempreendedor individual(MEI) e estimular o crédito e varejo.

Com o orçamento proposto para 2018 de R$ 40 milhões divididos em R$ 20 milhões para Projetos Estruturantes de Cadeias Produtivas por sub-região, R$ 15 milhões para Financiamento Primário e R$ 5 milhões para agronegócios (feiras e exposições agropecuárias).

De acordo com o Gerente de Crédito Rural do IDAM Pedro Chaves a principal novidade para 2018 será as cadeias produtivas prioritárias por calha de rios/sub-regiões geográficas do Estado do Amazonas, com a criação de um Programa Específico para financiamentos do Setor Primário com limites de até R$ 150.000,00 para clientes novos, normais e especiais (pessoa física) e até R$ 1.000.000,00 para financiamentos de Agroindústrias (Pessoa Jurídica), de forma desburocratizada e eficiente. Além da ampliação da dotação orçamentária para aplicação em Feiras/ Exposições Agropecuárias e participação da FAEA no processo de gestão e organização dos eventos e qualificação do crédito rural, onde os pecuaristas e produtores rurais poderão ter acesso ao crédito com maior eficiência e agilidade.

“Entre as propostas, estão a melhor remuneração da Assistência Técnica com a elevação da Taxa de Elaboração de Projetos de 2% para 3%, o que vai garantir maior agilidade na criação dos projetos pelas Unidades Locais do IDAM” disse Pedro.
Todas as propostas serão colocados em pauta na próxima reunião do Comitê do FMPES/AFEAM para aprovação e homologação.

Por: Roberto Araújo