Pesca e Aquicultura

A pesca artesanal é um dos segmentos que mais emprega no Estado do Amazonas. Mais de 45.000 pescadores vivem diretamente da atividade pesqueira e cerca de 200.000 pessoas estão envolvidas no sistema produtivo e com os subprodutos; desde a captura, desembarque, transporte, industrialização, preparo e distribuição e comercialização de pescado. A atividade gera renda aos ribeirinhos e parte dos moradores das sedes dos municípios, contribuindo para manter o homem no seu local de origem.

A piscicultura apresenta-se como uma das principais alternativas econômicas para o setor primário do Amazonas. Atualmente 3.700 pessoas estão envolvidas com a atividade. Essa, apresenta um avanço tecnológico no sistema produtivo, proporcionando aos piscicultores aperfeiçoar a produção, atingindo o peso ideal dos peixes em menos tempo, retorno financeiro compatível com o setor, produto final com qualidade, ajudando a manter os estoques naturais dos peixes, principalmente o tambaqui.