Empresa mineira apresenta calcário granulado para Idam – IDAM

Empresa mineira apresenta calcário granulado para Idam

Na manhã desta sexta-feira, (23/03), a empresa Fort Cal, do Estado de Minas Gerais, que trabalha com beneficiamento do minério de Calcário Calcítico no Brasil, apresentou uma nova tecnologia de Calcário Granulado ao corpo técnico do Sistema Sepror. Participaram da reunião, o diretor de Assistência Técnica do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (IDAM), Airton Schneider, o Secretário Adjunto de Políticas Agropecuárias e Florestais do Estado do Amazonas (Seapaf), Fernando Vieira, o Secretário Executivo de Pesca e Aquicultura (SEPA), Geraldo Bernardino, o Gerente de Defesa Vegetal, Luiz Fernando da Silva da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (ADAF), o Diretor Técnico da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), Túlio Kniphoff e outros participantes.

Amostra de calcário granulado.

Na apresentação, o executivo da empresa Fort Cal, Maurici de Moura, destacou os resultados que a empresa vem obtendo em outros estados do país, por ser um produto moderno, que ao ser utilizado no solo traz alta reatividade, consequentemente, produzindo com mais qualidade, principalmente nas culturas de ciclo curto, como as de Hortifrutigranjeiros. “A partir das experiências extraordinárias que já tivemos em outros solos, podemos a partir desta conversa com o Sistema Sepror, fazer pesquisas e a validarmos junto aos agricultores o nosso produto aqui no Amazonas”, disse Maurici de Moura.

Maurici de Moura, executivo da empresa mineira.

Segundo, Airton Schneider, o Instituto, assim como todo o Sistema Sepror, órgãos formuladores de Políticas Públicas, precisam estar atentos as novidades para repassar aos técnicos, e consequentemente chegar aos produtores e agricultores familiares. “Essa empresa nos procurou para apresentar um produto com inovação tecnológica, logo estaremos fechando uma parceria para implantar unidades de observação, para que o nosso técnico e agricultor possa identificar esse diferencial que nos foi apresentado hoje”, afirmou o Schneider.

Airton Schneider também explica que será levado em consideração três focos para ser utilizado o Calcário Granulado no Estado: produzir sem agredir o meio ambiente, ter bem estar no ambiente de produção e por último, que haja retorno financeiro para os produtores e agricultores familiares.

Corpo técnico do Sistema Sepror acompanha a apresentação

Por: Asscom/Idam