Pescadores de Tonantins participam de curso pesqueiro sustentável para o manejo de pirarucu – IDAM

Pescadores de Tonantins participam de curso pesqueiro sustentável para o manejo de pirarucu

Pescadores de 22 comunidades, entre tradicionais e indígenas do município de Tonantins, a 865 quilômetros de Manaus participaram nos dias, 30 e 31 de janeiro, do curso pesqueiro sustentável para o manejo de pirarucu.  A realização do seminário anual de avaliação sustentável e participativo do recurso pesqueiro com ênfase no Pirarucu é promovido pelo Instituto de Desenvolvimento Agropecuário Sustentável e Florestal (IDAM), órgão integrante do Sistema Sepror em parceria com Secretária de Produção e do Meio Ambiente do município.

A proposta do seminário serviu para avaliar a situação do manejo da espécie na região, no sentido de verificar a liberação e distribuição de cotas, captura, monitoramento, cicatrização do pescado. Além disso os aspectos técnicos, parcerias e projetos, capacitações, acordos de pesca, contagem, captura no projeto Plano Plurianual (PPA), a pesca e comercialização ilegal.

Segundo a organização do evento, a expectativa é que no ano de 2018, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) autorize a captura e a comercialização de mais de 5 mil peixes. A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab- AM), também prevê através do Programa de Aquisição de Alimento (PAA), a disponibilização de R$ 400 mil reais, no que vai representar um total de 1.100 peixes para doação simultânea.  A ideia é que todos os pescadores que participam do manejo do pirarucu é que a espécie seja incluído na lista de produtos, da Política de Garantia do Preço Mínimo para a Sociobiodiversidade (PGPM-Bio).

A capacitação foi conduzida pelo Engenheiro de Pesca, José Maria Damasceno, responsável pelo acompanhamento técnico e contou com a presença do chefe do poder executivo, e também representantes do legislativo.